Cannes e a crise

março 2, 2009 at 2:25 pm Deixe um comentário

Ano passado fizemos uma exibição do rolo de Cannes 2008 na faculdade.

Foi uma tragédia. Alunos, professores e profissionais ficaram impressionados com a má qualidade da maioria das peças. Nunca vimos tanta coisa criativesca. O termômetro foi, como ensinava um famoso produtor de Hollywood, a bunda. “Se minha bunda dói, o filme é ruim. Se não dói, é bom.”, pregava o executivo americano. Durante o rolo, a bunda de todo mundo doeu. E quando publicitário acha um saco ficar vendo comercial, a coisa tá feia. Para os comerciais, é claro.
Esse evento foi apenas mais uma prova de que Cannes não dá mais. Não do jeito que está. No seu livro Os 10 mandamentos da propaganda, Bob Garfield já pregava isso. E o papo dá sempre boas discussões em sala.
Agora, parece que até Cannes acha que Cannes, como está, não dá mais. Hoje, no site Mundo do Marketing saiu uma matéria falando isso. Confira e aguarde cenas dos próximos capítulos.

Valeu a dica, Ester. I tchum!

Anúncios

Entry filed under: AdAge, Agências, Comerciais, Comunicação, Marcas, Publicidade.

Ah, inspiração. Proibido é mais gostoso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Categorias


%d blogueiros gostam disto: